Planeje sua sucessão de bens e preserve o futuro da sua família

06/05/2021

Planeje sua sucessão de bens e preserve o futuro da sua família

Você já parou para pensar sobre o rumo que seu patrimônio irá tomar na sua ausência? Caso a sua resposta tenha sido negativa para esse questionamento, saiba que esta é uma conversa muito importante dentro do contexto familiar. 

Sabemos que é delicado falar sobre falecimento, mas é importante atentar que quando chega esse momento, fica nas mãos da família dar o devido destino aos bens. Quando isto não foi devidamente planejado e não segue os objetivos que você alinhou durante  sua vida para o bem da sua família, todo o seu esforço poderá ter sido em vão. Pode ainda ser um complicador para a família, que irá se deparar com um processo burocrático, caro e um potencial causador de conflitos.

É justamente por esse motivo que trazemos à tona essa reflexão: é possível deixar o planejamento da sucessão de bens alinhado desde já, em vida, para que após o falecimento, seus bens sejam destinados conforme seu desejo e dentro do que foi planejado. Evitando assim, uma série de custos extras a serem arcados pelos herdeiros e possíveis desconfortos ou conflitos de interesses em sua família. 

Antes de seguir com a leitura, fica o convite para acessar o nosso simulador para gestão patrimonial. Uma das ferramentas gratuitas que oferecemos para você entender melhor o que pode priorizar de acordo com o patrimônio que possui. Vamos lá?

simulador para gestão de patrimônio SOMMA Multi-Family Office

Na sequência, vamos seguir com a discussão deste tema.

A importância de fazer o planejamento da sucessão de bens em vida

De modo geral, o processo de sucessão acaba sendo adiado pelas famílias, por uma questão emocional. É difícil, afinal, admitir que em algum momento você não estará mais entre seus entes queridos. No entanto, essa é uma abordagem necessária para evitar conflitos futuros. Tomar providências sobre isso, ainda em vida, não pode e nem deve ser algo pesado. 

Caso você se sinta desconfortável com o tema, pense que seria muito doloroso ver quem você tanto gosta, entrando em conflitos por conta do seu patrimônio. Desta forma, organizar a sua sucessão é uma excelente opção para garantir segurança e tranquilidade para todos, não é mesmo?

familia se abraçando multi-family office sucessão de bens

Foto de Askar Abayev no Pexels

É justamente pensando nesse cenário que o planejamento deve ser feito o quanto antes. E se essa questão emocional ainda não foi suficiente para convencê-lo, podemos abordar também do ponto de vista financeiro. 

Deixar a partilha para depois do falecimento consiste em longos e cansativos processos burocráticos que podem levar uma boa parte desse capital acumulado em despesas e tributos. Em muitos casos, alguns familiares necessitam desfazer-se dos bens para honrar com as despesas, como honorários advocatícios, custos de inventário, impostos e etc. 

Fazer o planejamento sucessório em vida traz diversos outros benefícios, que vamos conhecer nos próximos tópicos.

Principais vantagens observadas

Os custos são apenas a “ponta do iceberg” de uma série de problemas que podem aparecer quando deixamos o planejamento patrimonial para um momento futuro. Essa situação pode trazer consequências adicionais como brigas, dificuldade de pagamentos, entre outras situações negativas que, imaginamos, você jamais gostaria que acontecessem.

Portanto, tudo fica mais fácil ao planejar a sucessão ainda em vida. Assim, é possível garantir uma transferência patrimonial tranquila, com um fluxo saudável e permitindo que o capital siga crescendo e respeitando aquilo que você planejou para o seu patrimônio, preservando o futuro da sua família.

Vamos explorar quais são as principais vantagens observadas?

Mitigação de conflitos de interesse e brigas familiares

Nem sempre todos pensam da mesma forma sobre a herança, algo que pode ser convertido em divergências pessoais. Quando existem bens e patrimônio, há uma expectativa sobre a sucessão do comando dos negócios e da transferência desses bens.

Se não houver clareza e direcionamentos sobre tudo, podem haver disputas (inclusive judiciais). Caso já tenha sinalizado as suas vontades sobre a sucessão de empresas, administração e destino dos investimentos ou direcionamento com os imóveis, por exemplo, sem dúvidas será maior a probabilidade de que exista um respeito entre os familiares, evitando assim os conflitos.

Previsão de gastos e planejamento prévio

O planejamento é sempre bem-vindo na gestão patrimonial. Você mesmo provavelmente acumulou seus bens com base em disciplina e organização, certo?

investidores fazendo análise planejamento familiar

Photo by Scott Graham on Unsplash

Portanto, a importância de planejar a sucessão de bens é enorme. Assim, todos podem ter clareza do que foi definido e não há motivos para discussões ou gastos adicionais, que não estejam previstos.

Redução de custos com profissionais

Já mencionamos anteriormente a questão dos custos e neste sentido, é importante reforçar que organizar a sucessão evita que sejam contratados novos profissionais para avaliação do patrimônio, ou mesmo para intermediação das discussões entre familiares.

Algumas famílias optam por contratar muitos profissionais, de diferentes áreas, gerando uma despesa grande e ainda tendo que gerenciar todo esse processo burocrático, alinhar a comunicação entre esses profissionais e a família.

jogo de xadrez estrategias planejamento familiar

Photo by Maarten van den Heuvel on Unsplash

Organizar a sucessão de bens em vida, permite que você opte, por exemplo, em utilizar uma estrutura de Multi-Family Office, que apontará os melhores caminhos e cuidará de toda a parte burocrática, inclusive gestão das contas, questões tributárias, melhores investimentos, gestão imobiliária, relatórios inteligentes, entre outros. 

Lembre-se: quanto menores os gastos na transferência patrimonial, maior a riqueza preservada!

Taxas e impostos sem reajustes

Este tipo de planejamento não traz economia apenas com a contratação de profissionais. Taxas e impostos também estão entre os benefícios observados neste processo, já que, conforme vimos anteriormente, você garante os valores praticados no momento. Ou seja, há uma economia na medida em que não são aplicados novos reajustes ou mudanças na Legislação.

taxas e impostos sucessão de bens

Photo by Volkan Olmez on Unsplash

Taxas e impostos possuem certa tendência em se elevar devido à situação da pandemia no Brasil, que vem mexendo demais com a nossa economia. Planejando a sua sucessão de bens antecipadamente, os custos estarão de acordo com a atualidade.

Parcelamento dos custos de inventário

Ao fazer um planejamento, certamente você saberá os custos inerentes desse processo, que pode ser longo e levar anos até que seja concluído, aumentando assim, o desgaste entre as partes envolvidas. Por meio de um planejamento sucessório isto pode ser evitado!

Vale lembrar que, possuir um planejamento não extingue a necessidade de abrir um inventário. Um processo em que todos os bens, direitos, bem como as dívidas deixadas pelo falecido, são levantadas, conferidas, avaliadas, para que possam ser posteriormente partilhadas entre os herdeiros. Mesmo que o falecido não possua bens, é aberto um inventário negativo.  

A vantagem de fazer o planejamento dessa sucessão de bens ainda em vida, é que você pode fazer um parcelamento dessas custas de inventário e assim, não deixar nenhuma pendência ou valores em aberto, que sua família precise pagar. 

Sucessão de bens e planejamento sucessório

Imaginamos que, nesta altura do texto, você já esteja convencido da importância de organizar a sucessão de bens em vida para preservar o futuro da sua família. E o processo pode ser ainda mais simples se você fizer um planejamento sucessório.

aperto de mãos planejamento sucessório

Foto de Sora Shimazaki no Pexels

Esse é o nome dado a um processo de organização da transferência patrimonial, que oferece uma enorme facilidade na atribuição dos seus bens — inclusive sobre os beneficiários e suas respectivas participações. E tudo fica ainda mais fácil se você conta com uma empresa especializada no assunto, reduzindo a burocracia e garantindo o respeito às leis vigentes.

Existem alguns estudos que mostram que um patrimônio construído por um patriarca, acaba se extinguindo em média após três gerações, quando não há uma transmissão organizada. 

O Planejamento Sucessório vem justamente para organizar com antecedência todo esse processo de transferência do seu patrimônio entre as gerações.

Multi-Family Office: o produto ideal para fazer a divisão de bens em vida

Se você chegou até aqui e está convencido de que precisa de uma ajuda para organizar a sua divisão de bens em vida, saiba que pode contar conosco. Temos um produto exclusivo e totalmente personalizado para a gestão do seu patrimônio familiar: o SOMMA Multi-Family Office.

Importante mencionar que o SOMMA Multi-Family Office é completo, com serviços que vão além da sucessão patrimonial. Você conta também com gestão de contas, planejamento financeiros e tributário, orientação para indicar os melhores investimentos, gestão imobiliária, relatórios inteligentes e um planejamento estratégico estruturado de acordo com seus objetivos financeiros.

Nosso planejamento estratégico está dividido nas seguintes etapas:

  • Coleta: neste momento, você nos envia a sua documentação para que nós possamos iniciar um processo de análise;
  • Mapeamento: aqui, fazemos a inclusão dos seus dados em nosso sistema e começamos a criar suas estratégias;
  • Plano de ação: na terceira etapa, compartilhamos as estratégias e relatórios com você. O objetivo é garantir um alinhamento com os seus objetivos financeiros;
  • Implementação: por fim, o plano de ação é colocado em prática. Importante mencionar que, nesta etapa, seguimos com a realização de monitoramento e emissão de relatórios periódicos para acompanhamento dos resultados.

Caso queira saber mais sobre o SOMMA Multi-Family Office, fica aqui o convite para acessar nosso site e entrar em contato com os nossos especialistas para esclarecer eventuais dúvidas.

Até a próxima!

SOMMA Multi-Familly Office

Assuntos relacionados