As vantagens de investir em fundos de renda fixa

12/08/2020

As vantagens de investir em fundos de renda fixa

Em nosso último post Fundos de Renda Fixa: o que são e como funcionam? falamos sobre as principais classificações desse tipo de fundos e do seu funcionamento, como tributação e custos envolvidos. Hoje, daremos continuidade ao assunto ao abordar as vantagens e desvantagens de se investir nesse tipo de produto.

Uma das principais vantagens de se investir em fundos de investimento – incluindo os de renda fixa – é a diversificação. Por meio desses fundos, você pode ter acesso a diversos produtos em uma única aplicação. Além disso, a praticidade oferecida também é importante. Ao investir em fundos você não precisa acompanhar o mercado financeiro diariamente, por exemplo. Além disso, há um gestor profissional capacitado para administrar a carteira, e assim, você não precisa se preocupar em realizar operações de compra e vendas de ativos.

Por outro lado, aplicar em fundos de renda fixa também possui algumas desvantagens, principalmente para os investidores que querem auferir maiores rentabilidades. Por serem fundos com menor grau de risco, as rentabilidades muitas vezes ficam próximas ao CDI. Entretanto, lembramos que existem fundos de renda fixa com riscos mais altos, nos quais é possível obter rentabilidade superior ao CDI.

Por fim, duas outras desvantagens devem ser consideradas ao se investir em fundos de renda fixa – tributação e garantia. Conforme mencionado no post anterior, fundos de renda fixa estão sujeitos ao “come-cotas” e como há tributação de Imposto de Renda em maio e novembro, você perde algumas cotas do seu investimento. No que diz respeito à garantia, esse tipo de fundo não é coberto pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) como outros ativos de renda fixa.

Assim, o fundo de renda fixa é uma ótima opção para você que está iniciando sua jornada como investidor financeiro e quer realizar aplicações correndo um risco menor. Além disso, o mercado financeiro é bastante complexo para ser acompanhado por iniciantes, de modo que fundos de investimento são indicados para quem não tem tempo para o acompanhamento diário do mercado e principalmente, quer contar com uma gestão especializada, por profissionais com anos de experiência e prática no mercado. Outro ponto importante, é que esse fundo também é indicado para quem quer construir uma reserva de emergência, aplicando em diversos produtos de renda fixa.

Por fim, além dos pontos e contrapontos destacados ao se investir em fundo de renda fixa, algumas outras considerações também devem ser realizadas – o horizonte de tempo do investimento, quanto deste montante faz parte do capital total do investidor e a estratégia utilizada pelos gestores dos fundos, custos da aplicação, liquidez, entre outros. Agora que você já sabe mais sobre fundos de investimentos de renda fixa, não deixe de conhecer o fundo de crédito privado da casa: SOMMA Torino Fundo de Investimento em Renda Fixa Crédito Privado.

Assuntos relacionados